Tribunal de Contas do Estado de São Paulo

.: FAQ AUDESP - Auditoria Eletrônica de Órgãos Públicos :.

Busca:     Busca avançada
Navegar por categoria:


Dúvida quanto ao relacionamento das fontes de recursos e códigos de aplicação dos domicílios bancários e as despesas executadas

Visualizações: 6338
Votos: 10
Dúvida quanto às fontes de recursos e códigos de aplicação para uma conta bancária que recebe receitas variadas. Se recebermos receita com os códigos de aplicação 611.00 e 612.00, porém depositados em uma única conta bancária.Ao utilizarmos um empenho para despesa de aluguel, qual código deverá estar amarrado ao banco e à despesa, se o "recurso de receita" pode ter duas fontes de recursos e códigos de aplicação variados. Em melhor explicação estaremos com receita provinda de duas fontes de recursos e dois códigos de aplicação, quando empenhamos a despesa qual será o código de aplicação, pois somente como exemplo, o pagamento de aluguel é uma aplicação geral e o dinheiro arrecadado provém das contribuições para o instituto, lembrando também que na conta corrente de empenho se encontram os campos de fontes de recurso e código de aplicação. As entidades públicas terão várias situações onde a receita (recurso) poderá ter variadas fontes de recursos e aplicações, porém se depositadas em conta de livre movimento o banco poderá ter diversas fontes de recursos e/ou diversos códigos de aplicação ? Ao pagarmos a conta de telefone da administração, em uma prefeitura de pequeno porte, o código de aplicação deverá ser o 110.00 - Geral ou qual aplicação?

Resposta: Falando especificamente sobre cadastramento de conta bancária com base na Tabela Cadastral nº. 2.1, o que não é a mesma coisa que estrutura de conta corrente, só poderá ser indicada uma única fonte de recursos e um único código de aplicação para cada conta bancária.
Este cadastro tem caráter informativo e indica qual a finalidade da conta, não vincula, imediatamente, a escrituração contábil à conta bancária cadastrada, à fonte de recursos e/ou o código de aplicação nela indicada. Em todas as palestras que proferimos afirmamos inclusive, que, no pagamento da despesa poderá, em caráter excepcional, ser utilizada fonte de recursos diferente daquela indicada no empenho da despesa, o que garante muito mais liberdade para o administrador. Dessa forma, através da escrituração contábil, que deve refletir o Princípio da Oportunidade, teremos como saber o que de fato aconteceu na entidade (independentemente da regularidade ou irregularidade) no que se refere à movimentação dos recursos de cada Município, tanto com base na fonte indicada no cadastro, como nas utilizadas nos controles orçamentário e financeiro. Contudo, nada impede que as empresas desenvolvam sistemas de controles de fontes mais rigorosos do que os previstos na Estrutura Audesp.
Outros nesta categoria
document Juros da Aplicação Financeira
document Utilização de contas bancárias com fonte de recursos e/ou código de aplicação diferentes da receita
document Qual o critério para cadastramento de domicílio bancário segundo fonte de recursos e código de aplicação
document Fontes de recursos do exercício e de exercícios anteriores e seus relacionamentos com códigos de aplicação para convênios plurianuais
document Ajustes entre contas bancárias pertencentes a mesma fonte de recursos e código de aplicação
document Como proceder ao acompanhamento das diversas vinculações constitucionais na folha de pagamento
document Emissão de empenhos com mais de uma fonte de recursos e código de aplicação
document Qual a relação entre as codificações no projeto AUDESP e portarias da STN para as codificações de fonte de recursos e códigos de aplicação
document Como identificar a aplicação de contrapartida nos convênios
document Como trarar a destinação dos recursos nas peças de planejamento
document Como identificar a contrapartida do município para um convênio nas peças orçamentárias
document Como obter o equilíbrio orçamentário classificando as receitas até até a fonte de recursos e as despesas até o código de aplicação
document Alteração de Fonte de Recursos e Códigos de Aplicação na Classificação da Despesa
document Como proceder com o código de aplicação do QESE, nas receitas e contas bancárias em virtude das alterações propostas na MP 339/06
document Como proceder com a identificação dos depósitos decendiais para a educação, deverá existir contas específicas para cada fase do ensino, infantil, fundamental, etc.
document Como proceder nos registros do FUNDEB, quanto aos códigos de aplicação nas contas bancárias abertas e cadastradas para o Fundef, nas receitas e despesas já realizadas.
document Qual fonte de recursos e código de aplicação utilizar no caso dos recursos decorrentes de aplicações financeiras
document Como efetuar pagamento das despesas do exercício utilizando recursos advindos do exercício anterior?
document Como classificar a fonte de recursos e código de aplicação para rendimentos de aplicação financeira?



RSS