Tribunal de Contas do Estado de São Paulo

.: FAQ AUDESP - Auditoria Eletrônica de Órgãos Públicos :.

Busca:     Busca avançada
Navegar por categoria:


Todos os eventos de liquidação de empenho não possuem a contabilização no nível da DDR, onde transferimos do empenhado (nível 821120000) para o liquidado (nível 821130000). Após consulta ao Plano AUDESP, notamos que não existe esta conta contábil liberada. Os eventos de pagamento chamam a conta da DDR do empenhado. Conforme eventos da União, este nível é movimentado na liquidação dos empenhos

Visualizações: 2998
Votos: 11
De acordo com PCASP divulgado pela STN, a utilização da conta 8.2.1.1.3.00.00 é facultativa, motivo pelo qual, optamos por não utilizá-la na Estrutura de Códigos AUDESP 2013.
Outros nesta categoria
document Os níveis abaixo deveriam ser indicadores de superávit financeiro, pois já tem liberação legal para serem executas, assim como está no nível 2.1.1.1.1.01.01 - SALÁRIOS, REMUNERAÇÕES E BENEFICIOS DO EXERCICIO. • 2.1.1.1.1.01.02 - DECIMO TERCEIRO SALÁRIO • 2.1.1.1.1.01.03 - FÉRIAS • 2.1.1.1.1.01.04 - LICENÇA – PRÉMIO
document No Evento RECEITA DE ALIENACAO DE BENS MOVEIS COM GANHO NA VENDA DO ATIVO, o roteiro está apontando para um lançamento a débito na conta de depreciação acumulada, com um crédito na VPA. Porem, a planilha induz ao erro quando demonstra este lançamento. Poderia, primeiro, demonstrar a apuração do valor liquido do bem e, na sequencia, a sua alienação.
document Evento de transferência de passivos de curto prazo em função de renegociação está passando por uma VPD e, no mesmo lançamento, uma VPA. Somente transferimos as contas do passivo de curto para longo prazo, concomitante com o lançamento de cancelamento dos restos. Não poderíamos fazer o lançamento direto entre o curto e longo prazo, sem passar pela VPA e VPD?
document Existe um evento de controle de restos a pagar a ser realizado em janeiro. Este lançamento não poderia ser feito no mês 13 ou 14?



RSS